Município

Sua história confunde-se com a de Entre Rios, município vizinho do qual foi desmembrado em 30 de julho de 1962. Recebeu o nome de Cardeal da Silva em homenagem a seu fundador, o Cardeal da Silva.

Geografia

Sua população estimada em 2004 era de 8.872 habitantes.

Seus principais bairros são: Nova Pastora (Posto), Candembá, Centro, Jangada e Maravilha.

Economia

Sua principal fonte de renda é a agricultura. É considerado um município com muita prosperidade econômica. Abrange imensas fazendas e culturas de eucalipto. Uma grande parte da população, está tirando o sustento de suas famílias em firmas terceirizadas e quarteirizadas da Petrobras, pelo fato do município esta próximo a área de Balsamo que é um grande polo da área industrial do petróleo no Brasil.

Turismo

O município também é muito conhecido por suas majestosas festas e cavalgadas. Desde 2009 realiza um dos maiores festejos juninos de toda a sua região, o Forró da Chiquinha.

Sua feira acontece nas segundas feiras de cada semana e atraem centenas de pessoas para o centro.

Sua Padroeira é Divina Pastora. O município também conta com belos rios como o rio Inhambupe que desagua no oceano Atlântico, também tem uma fonte de agua mineral que jorra sem parar, agua pura e limpa.

Esporte

Em 2011 foi realizado no município o primeiro Torneio de Golzinho de Cardeal da Silva. O torneio era dividido em dois grupos: o grupo A; constituído por 6 equipes e o grupo B; constituído de 5 equipes. A classificação final ficou assim: Em primeiro lugar: a equipe Azurra (campeã), em segundo: a equipe Os Desempregados (vice) e em terceiro ficou a equipe do CFC Golzinho.